In MODA on
15 de outubro de 2017

UMA NOVA JUVENTUDE SURGE

Aqui estou retornando para mais um bate papo bacana,… e saibam que é um prazer ter este momento aqui com vocês! 😉

Seguindo para o nosso assunto de hoje, A NOVA JUVENTUDE, que já adianto não ter nada haver com as gerações X,Y,Z ou millenium…


Os jovens de que falo estão aqui há muito mais tempo, contudo possuem uma idade mais elevada e neste instante eu sei que surgiu a perguntinha: Como assim Liara, jovens, mas com idade mais elevada? Será que é isso mesmo que acabei de ler?

EXATO!!!

Hoje é perceptível que o tempo esta passando, correndo ou voando, tudo depende da sua perspectiva, mas a questão é que o envelhecimento não é mais como em tempos passados.

Por tanto lhe convido a olhar ao seu redor e observar que não vemos mais senhores e senhoras abatidos, cansados, se vestindo com roupas sem graça e cores neutras, sentados em suas cadeiras de balanço. Muito raro tal visão, não é mesmo?!

E o pessoal da meia idade? Você acredita que estão ou são velhos? Talvez pelos números, na mera formalidade da sociedade, mas tenho certeza que em sua rotina, atitudes, pensamentos e formas de se vestir NÃO!

Como diz Cris Guerra em seu livro “Moda intuitiva”, de 2016, p.111, “Mas os tempos são outros e a velhice não é mais a mesma. Vivemos num país de 20 milhões de idosos, um número que cresce a cada dia porque aumenta a qualidade de vida e a vontade de viver. A mulher de 40 de hoje é a de 30 da geração passada. Aposentar-se está longe de ser a única opção das pessoas que passam dos 60. E as pistas de cooper estão repletas de senhoras e senhores sorridentes, planejando viagens, festas e negócios.”.

Acabei de completar 27 anos e lhes garanto que não me sinto velha, pelo contrário, acredito que tenho muito que fazer, viver, conhecer e descobrir. VEJO INÚMERAS OPÇÕES PARA A MINHA VIDA.

Olhe as redes sociais, revistas, filmes, academias, aeroportos, rodoviárias, faculdades, em cursos diversos, clubes de dança, enfim, ser velho, estar velho ou se sentir velho é uma escolha, que depende de cada um! Em casa tenho o exemplo da minha mãe que já tem seus 50 e tantos (sem chance de revelar o último número,… risos), super disposta resolveu fazer sua terceira faculdade, a paixão de sua vida, artes e achei incrivelmente admirável sua coragem! Ir adiante, viver plenamente, viajar, estudar, praticar seu pilates, ir a diversos eventos e não se diminuir por simples números. Na hora de se vestir, quer algo moderno com estilo para acompanhar sua personalidade e espírito.

Meu pai frequenta academia, gosta de estar atualizado, tem seus amigos e parceiros do futebol, mesmo não jogando mais, mantém o ritmo indo todas as sextas e na hora das compras, também gosta de produtos atuais, nada de coisas velhas (risos).

Por conta disso, o universo da moda tende a mudar e precisa!!! Principalmente a nossa que se encontra mais atrasada. Fora do país, à indústria já entendeu o recado, compreende que existe a nova juventude para atender. Uma geração sem idade que possui a jovialidade no espírito, estão felizes com sua maturidade e querem algo que possa lhes acompanhar mantendo seus estilos construídos ao longo do tempo.

Nada de roupas de adolescente, esta não é ideia. A questão é não perder o estilo de tempos, é manter-se atual, moderno e ainda na essência mesmo que os anos tenham passado.

Aqui, no nosso país e regiões é perceptível que a devida atenção com esta juventude se faz necessária com mais frequência! Apenas alguns estilistas e suas marcas têm trabalhos bacanas e voltados aos novos jovens, porém são em momentos. Ainda existe muito a ser feito!


Previous Post Next Post

1 Comment

  • A MODA SEM GÊNERO | Lookbyjorjao

    […] Uma nova juventude surge […]

    27 de outubro de 2017 at 19:56 Reply
  • Leave a Reply

    Veja também