10 lições para praticar (ou aprender)




Desde criança sou fascinado pelo mundo da moda e principalmente pelo o que acontece nos bastidores (e é lá que a verdadeira festa acontece). E só quando tive a oportunidade de trabalhar como produtor de moda no Lookbyjorjao que realmente entendi como é a profissão, como funciona a demanda do mercado, a responsabilidade que você precisa ter ou criar ou ainda desenvolver para  se consolidar..

Já falei muitas vezes que criei o Lookbyjorjao para mostrar meus trabalhos e ter um espaço que fosse meu e ali compartilhar várias ideias criativas ou loucas – como preferir. É por isso que gosto de trabalhar com pessoas criativas – e loucas também – que pensam “fora da caixa”, com ideias “WOOOOW WTF BABY”, sabe? É muito insano e divertido ao mesmo tempo.

Esqueci-me de mencionar que em um futuro próximo irei fazer Vlog’s mostrando os bastidores de tudo que acontece aqui né? É isso mesmo, mais uma novidade que quero concretizar o quanto antes. Quem me acompanha pelo Snapchat (é lookbyjorjao) sempre vê fotos e vídeos exclusivos dos bastidores, ou seja, tá esperando o quê? Esse post serve para vocês visualizarem que é necessário paciência para que as coisas aconteçam, mas é necessário persistência e resiliência para faze-las acontecer

1. Trabalhe com pessoas recíprocas

Já trabalhei com melhores amigas e confesso que é ótimo. Você sabe que a amizade é recíproca e os demais sentimentos também, ou seja, o trabalho flui instantaneamente. Além de já me conhecerem e terem ciência dos meus insights de insanidade, essas pessoas também compartilham suas e topam os desafios propostos- amo.

2. Eternize suas amizades

Gosto de ter amizades e é por isso que gosto de eternizar elas, por exemplo:

amigo dentista: talvez role um desconto né?

amigo(a) maquiador(a): umas dicas para cobrir as espinhas antes da balada

amiga psicóloga: desabafar sobre as decepções da noite passada

amiga nutricionista: sempre pergunto se tal alimento é bom e para que serve

amiga professora: aquela revisão do texto antes de publicar

Foi conhecendo um e outro que apareceu indicações ótimas de modelos, profissionais e marcas das quais trabalhei no Lookbyjorjao, ou seja, amo ter amizades diversas, como deu para notar (networking é tudo né?!).

Editorial “Where are you now?”

3. Se arrisque

Sabe aquele velho ditado popular “Quem não arrisca não petisca”? É isso mesmo gente, não tem como você prever o que a sua ação pode resultar. Por isso você precisa experimentar, sentir como é a sensação de descobrir o desconhecido, expandir seus horizontes e outras maravilhas que o conhecimento nos proporciona.

4. Divirta-se 😀

O mundo não seria tão bom assim se não pudéssemos nos divertir, e também não é à toa que escolhi trabalhar com moda. O mundo da moda é quase um circo onde você pode ser você ou pode criar um personagem, criar o que vier na mente, trabalhar com pessoas totalmente diferentes e respeitá-las, acima de tudo. A cada nova experiência, aproveite ao máximo, dê o melhor de si mesmo, sorria (e muito!) e nunca esqueça que você pode abandonar tudo e tentar outra coisa, tá?

Editorial “This Girl”

5. Seja responsável (ou aprenda)

No começo do post disse que só trabalhando com produção de moda no Lookbyjorjao que soube como era trabalhar na área, lembram? Como toda profissão e qualquer coisa que você tenha que desempenhar, responsabilidade é algo fundamental para isso. Não espere que as pessoas sejam iguais a você, mas sempre inspire responsabilidade e comprometimento, seja espelho e referência na sua atuação.

6. Aprenda com seus erros

Nem sempre vai ser fácil. O sucesso na carreira não é premio de loteria. Demanda de esforço, dedicação, muitas horas de trabalho, e claro, muitos erros aparecem pelo caminho também. Muitas vezes, você pode ter 20 acertos e um erro, mas o mundo competitivo vai apontar aquele deslize, cometido dentre tantos acertos. Faça desses episódios uma escola e procure não repetir o ano. Não adianta tentar esquecer/fingir que seus erros não aconteceram, afinal, é preciso recordar que errar é humano, porém permanecer no erro… né?

Editorial “Open your eyes”

7. Valorize seu trabalho

A quantidade de clientes que você possui e que procuram por você para desenvolver um trabalho não deve mensurar seu sucesso. O importante é manter o networking  com pessoas que te valorizam pela qualidade e transparência do trabalho desenvolvido.

Muitas vezes o pré julgamento vai te atrapalhar. Mas não desanime. Comentários de que seu trabalho é fácil de mais, é fútil e não agrega valor na vida  das pessoas – sempre vão existir. Duas palavras aqui: NÃO DESANIME. Ninguém tem o direito de tirar teu brilho. Muitos processos são envolvidos para se chegar num resultado final, seja na criação de um produto, ou seja, na divulgação, seja na compra e no uso.

8. Agradeça

É incrível como tudo ao seu redor melhora quando você agradece mais e pede menos, já perceberam isso? Tentem e vocês verão que não estou falando abobrinha. Eu não costumava agradecer muito (digo mesmo) por tudo ao meu redor e via que as coisas não funcionavam direito até que parei e pensei “vejo tantas pessoas agradecendo por tudo e de bem com a vida, vou tentar, não tenho nada a perder mesmo”, e não é que deu certo?!  Se pararmos para pensar, é algo muito simples e rápido, basta poucos minutos do seu dia agradecendo por suas conquistas e você verá em instantes sua vida fluir –  confie em mim.

Editorial “Please don’t leave me”

9. Saiba quem você é

Nunca me considerei uma pessoa “o melhor” no que faço – até porque preciso aprender muito ainda e acredito que sempre é possível aprimorar, mais e mais. Sempre pensei diferente do que a maioria das pessoas e encontrei poucas pessoas que me incentivaram e é por isso que valorizo cada um ao meu lado. Amo receber elogios, mas confesso que fico sem jeito e apenas digo “obrigado” com um sorriso sincero. Quero que o meu trabalho faça você refletir sobre o que tento transmitir. Por fim, não estou aqui porque não tenho nada para fazer.

10. Aperte o botão “RESTART”

 Tudo que falei deve ser levado como um ciclo para que você possa aprender, acertar, falhar, melhorar, falhar de novo mas aprender para que na próxima vez não erre ou pelo menos erre em outra coisa, ser responsável, comprometido e exigir isso das pessoas, e claro, divirta-se!


Levei um tempinho para reunir alguns pensamentos para poder escrever esse post e gostaria de saber a sua opinião sobre, me conta aí nos comentários! Vou gostar de ler todos, tá? 😀